Treyarch explica porque Xbox 360 e PS3 ficaram sem a campanha de Black Ops III




Limitações de memória poderia ser o elemento decisivo. Saiba mais...

      Embora a Activision continue empenhada em lançar Call of Duty nas consolas antigas, não o fará sem compromissos. Há algum tempo foi anunciado que as versões PS3 e Xbox 360 de Call of Duty: Black Ops III não teria a campanha de história, apenas o modo multijogador, o que desapontou muitos jogadores que ainda não saltaram para a atual geração de consolas. Um dos produtores da Treyarch, Jason Blundell, decidiu agora partilhar as razões para a retirada da campanha, em conversa com a Revista oficial Xbox:
     "Black Ops III é um jogo cooperativo, por isso vamos imaginar que eu tenho uma arma personalizada. Para que o outro jogador possa ver a minha arma, ele terá de a ter carregada na memória residente, e isso é verdade para todas as personalizações de armas. A memória das consolas anteriores não permite isso. O jogo tem de ter tudo carregado ou não vão conseguir ver a minha arma." "Claro que seria possível simplificar as coisas, mas penso que tomámos a decisão correta, porque iríamos odiar proporcionar uma experiência às pessoas que não fosse a nossa visão. Enquanto diretor sou bastante apaixonado sobre o facto de ser uma experiência pura, que os jogadores possam receber a nossa visão sem compromissos."
     Portanto, a história de Call of Duty: Black Ops III fica assim reservada para PC, PS4 e Xbox One.


Nenhum comentário:

Postar um comentário