Intérprete de Jar Jar Binks descarta possibilidade de voltar ao universo Star Wars





Ahmed Best fala sobre o baque das críticas negativas e reconhece que esgotou sua cota de "estragos" à franquia na trilogia de Anakin Skywalker.
O infantil soldado da raça Gungan é o principal alvo de críticas dentre todos os personagens de Star Wars, e tido como completamente dispensável. Ahmed Best entende isso, portanto descarta qualquer possibilidade de um futuro retorno à franquia: "Acho que eu já fiz o meu estrago. Estou satisfeito com o meu lugar no universo Star Wars", disse o ator de 42 anos em entrevista à websérie These Are The Actors You’re Looking For.
"Eu diria não. Acho que eu fiz o que fiz, eu achei ótimo, foi divertido, mas é hora de seguir em frente", disse Best, que admite ter sentido o baque das críticas negativas: "Muito embora você interprete personagens, você põe muito de sua personalidade neles, você se envolve emocional e pessoalmente no trabalho e emprega orgulho nisto", explica ele, definindo a experiência como "dolorosa". Ahmed Best disse mais: o modelo de Jar Jar Binks foi ele mesmo. Ao lado de George Lucas, ele criou toda a base de atuação e narrativa do personagem, e se divertiu muito com isso durante as gravações. Por isso a reação pós-Star Wars foi tão surpreendente. Mas ele entende o porquê do "ódio" geral dos fãs por Jar Jar.
"Quando viram um personagem que é puramente cômico e voltado para as crianças, eles provavelmente se sentiram acima disso. Eu consigo compreender que eles queriam uma história mais séria, mas, da mesma forma, as crianças realmente gostaram dele", conta Ahmed Best, defendendo que o personagem foi criado para durar 30 anos, como (supostamente) acontece. Segundo ele, as crianças do Episódio 1: A Ameaça Fantasma hoje são adultas e seguem gostando de Jar Jar Binks.

Nenhum comentário:

Postar um comentário